• Matthew Shirts

Manifesto: a missão do Fervura

Por Matthew Shirts, Caco Galhardo, Karen Tada, Giovana Madalosso, Alessandro Meiguins e Simone Az


Não, não é mentira. Não, não é exagero.

Alguns dizem dez anos de prazo máximo

para o ponto de não-retorno. Outros, 18 meses.

E a calamidade não é só ambiental.

A altura dos termômetros é uma avalanche

para toda a economia. Agricultura, indústria,

mobilidade, tecnologia, relações exteriores.

Pode listar.

Estamos todos juntos nesse imenso

barco planetário desgovernado pelo calor

e pelo aumento dos gases de efeito estufa.

Apesar de alguns seres propagarem

que ele não existe, só não vê quem não quer.

O aquecimento global está aqui, agora,

bem no meio das nossas fuças.

É difícil encarar.

Talvez porque pareça um tema muito técnico.

Talvez porque seja muito assombroso.

Mas a propagação do assunto é inevitável.

E o Fervura vai chegar na frente pra botar a labareda no trombone.

A gente quer gerar a melhor cultura pop da crise climática.

De todas as formas imagináveis,

com boa seriedade ou com bom humor, o tempo todo, 24/7.

Vai ter podcasts e vídeos, jornalismo e poesia,

cartuns e infográficos, cientistas, colunistas e artistas,

memes, eventos e mobilizações na tela e na rua.

Tudo para esquentar a discussão

e colocar lenha nesse que é o grande nó

da nossa era: o aumento vertiginoso

da temperatura do Planeta Terra.




Fervura:
Versão
Beta

fervura_baixa03.jpg

Notícias quentes da frente climática